sábado, 30 de julho de 2016

A maçã milagrosa

A maçã é o pseudofruto pomáceo da macieira (Malus domestica), árvore da família Rosaceae. É um dos pseudofrutos de árvore mais cultivados, e o mais conhecido dos muitos membros do género Malus que são usados ​​pelos seres humanos. Essa fruta também é mencionada na história da Branca de Neve, mas também é útil na Festa Ortodoxa do Salvador das Maçãs (comemorada no dia 19 de agosto só em países eslavos como Rússia, Ucrânia e Belarus), entre muitos aspectos culturais. Existe dois de vários tipos de maçã: a maçã Fuji (trazida do Japão) e a maçã Gala. Ela traz muitos benefícios pra nossa saúde. Elisa é uma das nossas amigas a fazer da maçã um excelente benefício de uma forma fabulosa. 

Já havia três dias que sua mãe, Dona Leonora, estava doente e de cama. A mãe de Elisa tinha uma doença causada pelas diabetes e tinha gripe também. Para superar esse trauma, Elisa foi a feira (entre a Avenida Ana Costa e o Canal 3) comprar meia dúzia de maçãs gala e a levou pra casa. Pouco depois, descobriu que não se tratava de uma maçã qualquer: eram lindas e deliciosas maçãs milagrosas! 

De repente apareceu, na cozinha de sua casa, uma linda garota de cabelos acobreados e olhos cristalinos e vestindo um lindo vestido vermelho esvoaçante e acetinado. Era Afrodite Iduna, uma das habitantes do Jardim das Macieiras, um lugar que não está no mapa da nossa cidade, mas que existia mesmo! Elisa disse a Afrodite Iduna se essa maçã milagrosa existia mesmo. E ela respondeu:
- Existe sim. Desde os primórdios. De acordo com o que os nossos ancestrais me contaram, a maçã milagrosa foi consagrada pela deusa nórdica Iduna, que permite a pessoa viver para sempre. No nosso Jardim das Macieiras e fora dele, as pessoas possuem a eterna juventude e beleza e quem comer dessa deliciosa maçã vive mais, acaba com as possíveis doenças, rejuvenesce, entre outros benefícios. Mais: quem faz o pedido na primeira mordida terá seu desejo realizado. Você também pode fazer tortas de maçã, suco de maçã, tudo que leve maçã - você consegue! 
Elisa, obedecendo as instruções, disse: "Farei o possível." E Afrodite Iduna se retirou.

Elisa fez exatamente o que Afrodite Iduna instruiu: levou esse tempo pra fazer iguarias a base de maçã: torta, suco e até maçã-do-amor. Logo depois, as iguarias ficaram prontas. Elisa, antes de morder a maçã, pediu assim:
- Eu desejo que minha mãe fique boa logo.
E mordeu a maçã. 
Em seguida, Elisa levou um pedaço de torta de maçã e um copo de suco da mesma fruta e deu pra sua mãe, Dona Leonora, ainda doente. Ela comeu a torta, bebeu suco e agradeceu a sua filha:
- Filha, muito obrigada. Eu vou ficar bem logo!

No dia seguinte, um milagre ocorreu: a mãe de Elisa ficou bem de saúde! Tudo por causa da maçã milagrosa que Elisa comprou na feira. 
E espero que se delicie dessa maçã também!